EnglishFrenchGermanSpainItalianDutchRussianJapaneseChinese Simplified

 

Harmonizações




Conceito


Combinar um vinho com um prato por vezes não é tarefa simples no entan -to  existem algumas recomendas, que vos poderão auxiliar na escolha dos vinhos mais apropriados para os pratos a servir.

Devemos sempre procurar servir vinhos que harmoniosamente se conjuguem com os pratos que acompanham, esta é a regra ou seja a sugestão mais elementar. O problema está precisamente em encontrar este ponto de equilíbrio... Existem somente duas formas de combinar vinho com comida, por semelhança ou por oposição, no primeiro caso os vinhos suaves devem acompanhar pratos pouco temperados e os vinhos fortes e encorpados apropriam-se mais aos pratos pesados e temperados.Por oposição, o açúcar suaviza a acidez e a acidez diminui a gordura.

Os vinhos a servir durante uma refeição deverão respeitar uma ordem “degustativa”, primeiro os vinhos mais leves, fracos e simples e só depois os mais fortes, encorpados e complexos. Os brancos deverão anteceder os tintos, primeiro os vinhos secos depois os doces.
No entanto podemos comprovar a existência de outras combinações que também funcionam muito bem, um vinho branco doce pode ser servido bem fresco no início da refeição, um tinto jovem e leve pode substituir um branco a acompanhar um peixe etc. Enfim! O importante é que nunca se perca o sentido da harmonia entre o vinho e a comida.

Estive tentado a elencar dos vinhos aqui apresentados no Lugar de Baco, aqueles que melhor se adequavam aos pratos abaixo indicados. Contudo acho que seria redundante da minha parte cingir-me a este pequeno universo, pelo que optei por faze-lo de uma forma mais generalizada.


Entradas

www.hotelhiportogaia.com

Vinhos brancos secos, vinhos verdes brancos, vinhos generosos secos vinhos espumosos secos.


Marisco ou Peixes em geral

www.hotelhiportogaia.com

Vinhos brancos secos ou verdes. Com molhos picantes, aconselham-se vinhos brancos suaves, adamados.


Peixe estufado e caldeiradas

www.hotelhiportogaia.com
Vinhos tintos ligeiros ou tintos encorpados se a caldeirada for picante.


Carnes e aves frias

http://cafesaoluiz.pt/
Vinhos brancos adamados, vinhos tintos ligeiros.


Massas e arroz

Dom Francisco Park
Vinhos brancos adamados ou tintos ligeiros.


Carnes vermelhas e caça

http://sabores.sapo.pt/
Vinhos tintos encorpados. As carnes assadas também combinam com vinhos espumosos secos.


Carnes grelhadas ou assadas sem molhos

www.hotelhiportogaia.com

Vinhos tintos leves.


Queijos

www.hotelhiportogaia.com

Fermentados (crus) - vinhos tintos fortes.
Pastas cozidas (tipo gruyére) - vinhos tintos mais leves.
Frescos - vinhos brancos suaves.


Doces

www.hotelhiportogaia.com

Vinhos doces brancos, espumosos doces ou ainda generosos doces e meio-doces.

Doces confeccionados com licores ou aguardentes, só devem servir-se as bebidas utilizadas na sua preparação.


Muito haveria para reescrever sobre este tema, mas não é este o meu intuito, espero unicamente que se consciencialize que estes são apenas princípios a afinar pela sua sensibilidade e não esqueça, os pressupostos já aqui publicados, copos, temperaturas e decantação (se for caso disso).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...