EnglishFrenchGermanSpainItalianDutchRussianJapaneseChinese Simplified

 

quinta-feira, maio 28, 2020

Quinta da Lapa (Homenagem a Sta. Teresa D’Ávila) Reserva 2014

   
Quinta da Lapa (Homenagem) Reserva 2014 / Tinto / 14%
Tejo / Syrah,Touriga Nacional, Merlot e Cabernet Sauvignon
Quinta da Lapa -Agrovia, Sa



Nas encostas soalheiras de Manique do Intendente, concelho da Azambuja, podemos encontrar a  Quinta da Lapa !
Recuemos na sua história, não a 1733 ano de sua fundação, mas a 1989, ano em que José Guilherme da Costa, a adquire e dá a inicio à sua segunda grande reforma. Uma profunda intervenção que, inevitavelmente, passa pela replantação de toda a sua vinha, hoje, as mais antigas, com cerca 30 anos, promove ainda a construção de uma moderna adega com as melhores tecnologias do inicio da década de 90.
Mais tarde, à cerca de dez anos, procede à recuperação da casa senhorial, datada de 1756, o que dará origem a um em pequeno empreendimento de turismo rural composto por  11 confortáveis suítes em que a traça antiga se alia aos toques de uma modernidade adequada.

Dos seus cerca de 100 hectares, 67 são, atualmente, de vinha, parcelada por talhões e castas. Arinto, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon, Trincadeira Preta, Syrah, Merlot, Alicante Bouschet e Aragonez, são, na sua essência, as castas predominantes.

Em 2011, Sílvia Canas da Costaarquitecta de formação e filha do proprietário , para além de ter assumido a recuperação "arquitectónica" do empreendimento, envolvesse nos destinos vitivinícolas, deste projeto, e em conjunto com o experiente enólogo Jaime Quendera como consultor e Jorge Ventura, o jovem viticultor e enólogo residente, lança, entre outros, este topo de gama, Quinta da Lapa (Homenagem a Sta.Teresa D’Ávila) Reserva 2014.
Este homenagem surge pela primeira vez com a colheita 2013, lançado em 2015, nos 500 anos do nascimento de Sta.Teresa D’Ávila.




Autoria de Sta. Teresa D' Ávila 


“Nada te perturbe, nada te espante,
tudo passa, Deus não muda.
A paciência tudo alcança.
Quem a Deus tem, nada lhe falta.
Só Deus basta.”




Um tinto de tom levemente grnat, No nariz o aroma é intenso, pejado de notas a fruta vermelha madura, um leve especiado e notas  abaunilhadas que se embrenham em apontamentos a tosta. Na boca mostra-se equilibrado e fresco, confere o seu lado especiado onde os seus finos taninos sustentam a consistência do conjunto. Final, longo e persistente. 
Um belíssimo tinto, que em minha opinião, atingiu o seu seu auge! Como tal aproveite para o degustar nos próximos tempos! 
 

 Not. 17
 Pvp: €21,50(Ref.)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...