EnglishFrenchGermanSpainItalianDutchRussianJapaneseChinese Simplified

 

quinta-feira, novembro 10, 2011

Quinta da Pedra Escrita - 2010




Região: Douro
Castas: Alvarinho, Rabigato, Verdelho e Viognier
Produtor: VDS
Enólogo: Rui Roboredo Madeira
Tipo: Branco
Ano: 2010
Álcool: 13,0%
  
Nota Introdutória:

Localizada em Freixo de Numão, no Douro Superior, a uma altitude média de 575 m, fica a Quinta da Pedra Escrita. Durante várias gerações pertenceu à família de Rui Roboredo Madeira, em 2007 é adquirida pela VDS, empresa da qual é sócio e enólogo.

Inicialmente plantam 12,5 hectares de castas brancas, Alvarinho, Rabigato, Verdelho e Viognier, por acreditarem que o granito dá origem a vinhos de extrema complexidade e de grande longevidade. Em 2011 preparam  o solo para plantar mais um hectare de Alvarinho e 3,5 hectares de castas tintas. Mais uma aposta, mais um novo e interessante projecto VDS (aqui).

Quinta da Pedra Escrita 2010, desde logo apercebemo-nos do cuidado despendido para com a apresentação deste vinho, não posso deixar de elogiar a preocupação com sua roupagem,  no fundo todos sabemos que a imagem também conta, nem que seja pelo simples facto de nos despertar a atenção para a sua existência.

No meu caso não foi bem assim, até porque não fui eu que dei pela sua existência mas sim ele pela minha, através de um amigo que fez a gentileza de me oferecer umas garrafitas.

Mas como a qualidade de um vinho afere-se na boca, e o meu comprometimento pelas razões acima aduzidas poderia de certa forma influenciar a minha opinião, optei por prová-lo em prova cega, irmanado com outros dois brancos  de bom nível.

Notas de Prova:

Desde logo apercebemo-nos  que estamos perante um vinho interessante e subtilmente desafiador, fresco e altivo, um vinho que apesar de ter fermentado e estagiado em barrica mantêm-se bastante seco e mineral. Em suma, um vinho incapaz de saturar, e pelo que tudo indica poderá vir a ter uma muito boa evolução em garrafa. Uma boa estreia! 

Aspecto amarelo palha com suaves laivos esverdeados, algo límpido e brilhante. Aroma intenso, onde predominam as notas cítricas combinadas com leves matizes vegetais e uma envolvente e suave mineralidade que lhe confere graça e frescura. Paladar marcado por uma intensa frescura e mineralidade, onde se destacam boas notas cítricas e algumas notas vegetais que se vêm a combinar com subtilíssimo fumado, conjunto bastante equilibrado e harmonioso, termina fresco e persistente.



Nota Pessoal: 16,5
Preço: €10,80 (Ref.)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...