EnglishFrenchGermanSpainItalianDutchRussianJapaneseChinese Simplified

 

5 de Fevereiro de 2010

Quinta da Gaivosa - 2005



Região: Douro
Castas: Tinta Amarela, Sousão, Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinto Cão e outras (20 Castas diferentes)
Produtor: Domingos Alves de Sousa
Tipo: Tinto
Ano: 2005
Álcool: 14,0%






Nota Introdutória:

È com uma enorme satisfação que trago aqui ao Lugar de Baco o Quinta da Gaivosa, um grande vinho, produzido por um grande senhor do Douro, Domingos Alves de Sousa.

Há já algum tempo atrás tive o privilégio de o ter conhecido pessoalmente e a oportunidade de ter provado, entre vários dos seus vinhos, o seu Quinta da Gaivosa.

Do contacto com Domingos Alves de Sousa, ficou-me a imagem da seriedade e paixão com que fala dos seus vinhos, assim como orgulho que lhe açambarca a expressão quando se refere ao seu filho Tiago, um jovem com elevado nível de qualificação, que certamente cuidará, com primazia e segurança, dos destinos dos grandes vinhos Alves de Sousa.

É na Quinta da Gaivosa, com as suas vinhas localizadas na margem direita do rio Corgo, principal afluente do rio Douro, 25 hectares de vinhas com mais de 60 anos, e com cerca de vinte castas autóctones, que se produz este Quinta da Gaivosa cujo o nome o herdou da própria quinta.

Este vinho é fruto de uma série de provas, a partir das quais, Domingos Alves de Sousa, Tiago e Anselmo Mendes (enólogo consultor envolvido neste projecto desde de sempre) vão compondo através de arranjos e afinações esta sinfonia de aromas e paladares.

Para além deste Quinta da Gaivosa 2005 , muito recentemente voltei a provar as colheitas de 2000 e 2003, apesar do Quinta da Gaivosa 2003 estar excelente, a minha preferência recai ligeiramente sobre a colheita de 2005, pelo sua, elegância e recorte, julgo que ultrapassará qualquer uma das  outras duas  colheitas.

Apesar da minha manifesta simpatia por esta casa, não quero que fiquem quaisquer dúvidas, quanto à isenção da nota que lhe atribuí, estou certo que numa prova verdadeiramente cega e em situação de normalidade, muito provavelmente atribuir-lhe-ia uma pontuação muito idêntica.


Notas de Prova:

Aspecto cor rubi bastante concentrada intensa.

Aroma bouquet elegante e algo complexo, com boas notas tostadas, fruta vermelha, complementado com notas vegetais e especiarias.

Paladar a revelar-se Intenso, concentrado e com boa acidez ao longo de toda a prova, belíssimas notas balsâmicas e vegetais, fruta vermelha madura e leves nuances a barrica, elegantemente encorpado, com taninos bem presentes mas suaves, fim de boca longo e persistente.


As características reveladas por este vinho, mostram claramente a sua excepcional capacidade para guarda.






Nota Pessoal: 17,5 (Prova a 10 de Jan.10)
Preço: €28,0 (Ref.)

6 comentários:

  1. Sou grande apreciador deste vinho, mas o abandonado upa upa ...

    ResponderEliminar
  2. Meu caro anónimo,

    O Abandonado como certamente será do seu conhecimento é o ex-líbris da Quinta da Gaivosa, produzido só em anos especialíssimos e digo-lhe mais nos anos em que este vinho não é produzido as suas vinhas (uma parcela de vinhas muito velhas, com baixa produção e alta concentração) contribuem qualitativamente para produção do Quinta da Gaivosa.

    Mas é claro o seu preço de mercado é aproximadamente 60 euros, para além de ser um vinho que não é fácil de nos depararmos com ele nas prateleiras de uma garrafeira, trata-se de um vinho de outro patamar. Se é comparável? Decida você meu caro anónimo!

    Bons Vinhos

    ResponderEliminar
  3. Osvaldir Castro15 Abril, 2010

    Degustamos, em confraria, ontem êsse excepcional vinho. Uma jóia do Douro, sem dúvida. Concordo com suas análises.

    ResponderEliminar
  4. Sim senhor, uma grande escolha! Não recomendaria melhor!

    Saudações enófilas à vossa confraria, e que continuem a degustar grandes vinhos.

    Bem-haja a todos.

    ResponderEliminar
  5. Prezado,

    Recentemente recebi de um grande amigo de Leiria, uma esplendorosa garrafa do Quinta da Gaivosa 2005, e ao pesquisar sobre este "vinho" deparei-me com seus comentarios.
    De fato, o Quinta da Gaivosa foi o vinho que fez-me sentir todos os sentidos do ser humano: visao - com exuberante rubi, o aroma de estar no pomar com frutas vermelhas - citricas, o paladar de estar no ceu beijando a amada.
    Tentei, mas nao e possivel colocar em palavras o sentimento do que foi degustar o Grande Quinta da Gaivosa.
    Abraco,
    Ricardo Simões
    Brasil

    ResponderEliminar
  6. Gostaria antes de mais de lhe dar os parabéns pelo excelente blog. Relativamente á nota de prova do Quinta da Gaivosa estou de acordo, mas gostaria de acrescentar um vinho de outra gama, mas que em minha opinião é o melhor desse produtor, mesmo superior ao abandonado: Quinta da Gaivosa - Vinha de Lordelo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...