EnglishFrenchGermanSpainItalianDutchRussianJapaneseChinese Simplified

 

quarta-feira, dezembro 23, 2009

Quinta do Côa - Reserva 2007


Região: Douro
Castas : Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca.
Produtor : CARM -Casa Agrícola Roboredo Madeira, S.A.
Tipo : Tinto
Ano : 2007
Álcool : 14,5%






Nota Introdutória:

A CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira, S.A. é uma empresa com actividade documentada desde meados do séc. XVII. Esta actividade agrícola desenvolve-se em torno da produção de vinhos e azeite da mais alta qualidade.

Entre as varias quintas, pertença desta casa, temos a Quinta do Côa, situada nas margens do rio Côa, cuja vinha ocupa 11 ha, entre os quais, 8 ha são de vinha velha plantada na década de 60 e 3 ha de clones seleccionados de Touriga Nacional plantados em 1995.

Sob a orientação do Enólogo Rui Madeira, produzem-se a partir das vinhas desta quinta, dois vinhos com seu nome, o Quinta do Côa e o Quinta do Côa - Reserva.

Após um período de estágio em barricas novas de carvalho francês eis o recente Quinta do Côa – Reserva 2007. Este é de facto um grande vinho, aqui está uma das boas surpresas a que eu me referia no meu post anterior.

Poderia tecer-lhe inúmeros elogios, mas não o farei, com este vinho não há subjectividades, estamos mesmo perante um excelente vinho.


Notas de Prova:

Aspecto Grnat intenso praticamente opaco.

Aroma fresco e intenso com a fruta silvestre (amora, groselha, framboesa) a sobressair, nuances a chocolate preto e boas notas a barrica, tudo muito harmonioso.

Paladar a revelar-se fresco e aveludado ao longo de toda a prova, com belíssimas notas a fruta vermelha e uma elegante envolvência a madeira, taninos firmes mas muito bem integrados, fim de boca longo e persistente.

 






Nota Pessoal: 16,5 (Prova a 15 de Mai.10)
Obs. Não sei realmente o que se passou na prova anterior, o que é facto é que apesar de não lhe rever na integra as qualidades verificadas na prova de Dezembro, acho que está bastante bem, só que neste cenário não poderei continuar a distingui-lo como boa compra (preço/qualidade).

Nota Pessoal: 16,0 (Prova a 10 de Mai.10)
Obs. Efectivamente não sei o que se passa com este vinho, será de algumas garrafas, será do lote ?? Perdeu alguma elegancia e apresenta-se ligeiramente enfadonho.

Nota Pessoal: 17,0 (Prova a 18 de Dez.09)
Preço: €14,00 (Ref.)

2 comentários:

  1. Ricardo F. Lima28 dezembro, 2009

    Tive a sorte de beber este vinho num jantar de natal que promovido em casa de um amigo, fiquei deveras impressionado.
    Já visitei o seu blog umas poucas vezes e dou-lhe os parabéns, as suas notas a respeito deste vinho revelam mesmo a essência deste vinho que bebi.
    Excelente crítica. Bom Ano.

    ResponderEliminar
  2. Caro Ricardo F. Lima,

    Folgo muito em saber que vem cá “umas poucas vezes“ ao Lugar de Baco, espero que passe a vir mais vezes.
    Efectivamente este vinho está muito bom, não deixa ninguém indiferente, quanto às minhas notas de prova, são fruto de alguma dedicação, já lá vão muitas provas e algum estudo. No entanto, o importante é que estas notas também sirvam, para vos auxiliar na escolha dos vossos vinhos.

    Bom Ano e Bons Vinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...